Call for papers para o Anuário Internacional de Comunicação Lusófona 2017/18

Anuário internacional de comunicação lusófona


Comunicamos que está aberto o prazo para o envio de propostas para a edição 2018 do Anuário Internacional de Comunicação Lusófona. "Os desafios da pesquisa em comunicação no espaço lusófono" é o tema central desta edição, também poderão ser aceitos outros artigos que tratam de temas no domínio da comunicação e cultura no espaço lusófono.

Data limite de envio de propostas (artigo completo): 30 de junho de 2018.

Email para o envio de propostas: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.   e O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A data de resposta do aceite: 30 de julho de 2018

 

Normas para publicação no Anuário

Os artigos deverão ser redigidos en formato Word, papel tamanho A4, em Times New Roman, tamanho de letra 12 e com espaço 2.

Gráficos e ilustrações deverão ser apresentados em jpg ou tif, com resolução de 300 dpi (mínimo), no final do texto e em páginas destinadas especificamente para esse fim.

Os artigos deverão incluir um resumo de no máximo: 1000 caracteres. O texto completo tem como limite 50.000 caracteres (incluindo espaços).

Os elementos de identificação do(s) autor(es) deverão ser enviados numa página separada e deverá incluir: Título, nome(s) do(s) autor(es), instituição a qual pertencem, palavras-chave (máximo: 5), nome completo, endereço postal, número de telefone e endereço eletrônico (e-mail).

É preciso fazer o resumo e as palavras-chave num dos dois idiomas do Anuário (português ou galego) e também em inglês.

As referências a autores ao longo do artigo deverão ser feitas da seguinte maneira:

·         (BERTEN, 2001, p. 35) – ou 'tal como Berten (2001, p. 35) considera, «utopia é também uma ideologia»';

·         (WINSECK e CUTHBERT, 1997); (GUDYKUNST et al.,1996); (AGAMBEN, S/D, p. 92).

As referências bibliográficas deverão ser apresentadas no final do artigo, respeitando os seguintes formatos:

·         BOUGNOUX, Daniel. Introdução às Ciências da Comunicação. Bauru (SP): Edusc, 1999.

·         MARÔPO, Lidia. A construção da agenda mediática da infância: um estudo de caso sobre a relação entre movimentos sociais e os media noticiosos. Lisboa: Livros Horizonte, 2008.

·         SELIGMAN, Laura. Jornais populares de qualidade: Ética e sensacionalismo em um novo padrão do jornalismo de interior catarinense. Brazilian Journalism Research - Volume 2 - Número 1 – 1° semestre – 2009.

·         GARCIN-MARROU, Isabelle. L'événement dans l'information sur l'Irlande do Nord. Dossier Le temps de l'événement 2. Réseaux: communication technologie société (CNET), n. 76, p. 49-60, mars/avril 1996. Disponível em:   http://enssibal.enssib.fr/autres-sites/reseaux-cnet/76/03-garci.pdf. Acesso em: 06/08/2014.

·         GOFFMAN, E. Frame analysis: an essay on the organization of experience. Boston: Northeastern University Press, 1974.